From Here To Eternity


Música - Shows: Julho Cultural – Dia do Rock (Jaú – Teatro Elza Munerato – 16/07/05) – Lady Jane – Matahari - Vandroya_Parte 1

 

Dia 16 de Julho, dia do meu aniversario e também o único dia voltado para o rock no “Julho Cultural”, projeto promovido pela prefeitura de Jaú. Onde se apresentam músicos dos mais diversos estilos durante todo o mês no teatro municipal da cidade.

 

A primeira banda a se apresentar foi a Lady Jane, que tem seu som voltado para o rock dos anos 60 e 70. Sendo sua principal influencia os Rolling Stones. A banda apresentou três músicas próprias e dois covers. Destaque total para o baixista Norberto 'Rock n Roll' que foi um show a parte agitando durante todo o set.

 

Logo na seqüência sobe ao palco os jauenses do Matahari, banda já com certo prestigio dentro da cena roqueira da região. A banda tocou diversos covers de nomes como Camisa de Venus, Jimi Hendrix entre outros. Além também de uma jam com todos os músicos da Lady Jane no palco tocando Rolling Stones, numa celebração de união e amizade dentro do rock. A banda encerrou a apresentação com uma versão própria para o hino We Will Rock You do Queen, versão essa bastante acelerada que ficou muito legal, apesar de ter descaracterizado um pouco, por não contar com a clássica batida: "tum tum tá tum tum tá".O destaque dessa vez ficou para o vocalista e também guitarra solo, que contagiava o publico com seus movimentos a - lá Angus Young!



Escrito por Carlos Eduardo Garrido às 06h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Música - Shows: Julho Cultural – Dia do Rock (Jaú – Teatro Elza Munerato – 16/07/05) – Lady Jane – Matahari - Vandroya_Parte 2

 

Agora era a vez da banda Vandroya de Bariri, banda formada por: Daísa Munhoz (Vocal), Marco Lambert (Guitarra e Vocal), Rodolfo Pagotto (Guitarra e Vocal), André Botton (Baixo), Denis Ciani (Bateria) e Kamila Fernandes (Teclado), e única adepta do Heavy Metal naquela noite, e também o principal motivo de eu ter comparecido ao teatro. "Seven deadly sins, Seven ways to win, Seven holy paths to hell, Your trip begin", com a vocalista Daísa Munhoz sussurrando estes versos o show tem inicio, com a fantástica Moonchild do Iron Maiden. E pela primeira vez até então, uma parte do publico levantou de suas cadeiras e foi bater cabeça à frente do palco.

 

Na seqüência, tivemos um cover da música Paradise do Stratovarius. E mais pessoas foram se levantando de seus lugares. Impressionante como a vocalista consegue alcançar todas as notas altíssimas da versão original! Nessa música ocorre um pequeno problema com a guitarra de Rodolfo Pagoto, que tem sua "mizinha" estourada, rapidamente ele corre para fora do palco e retorna com uma guitarra emprestada pelo guitarrista do Matahari.

 

Depois desse pequeno imprevisto, o show continua com a empolgante e clássica Dr.Stein do Helloween. A essa altura já existia uma pequena 'pista' em frente ao palco, tamanha era a contidade de pessoas que deixaram seus confortáveis assentos para ir 'bater cabeça' em pé. Sem deixar o pique cair, foi a vez da veloz Aces High (vocês sabem de quem).

 

É anunciada uma canção do novo álbum do Angra, e então é executada com maestria a belíssima Wishing Well. E ainda tivemos: Tears of Mandrake do Edguy,que agitou a galera com seu refrão marcante, com destaque para os backing vocals perfeitos e o pedal duplo bem encaixado na segunda metade da música; Avantasia, que apesar de ser uma música meio fraca, funciona muito bem ao vivo; e fechando a apresentação a mega-classica Hallowed By Thy Name (você também sabem de quem...), que fica maravilhosa na performance do Vandroya! Mas que também contou com a 'mizinha' da guitarra emprestada de Rodolfo estourada. Porém dessa vez, ele continuou tocando bravamente até o fim da canção!

 

Estava ainda previsto a música No More Tears do Ozzy, mas que possivelmente foi cortada do set em função da corda estourada...

 

A apresentação acabou, mas deixou o publico com um gostinho de quero mais. E o que era para ser apenas uma apresentação, acabou virando um grande conserto de Heavy Metal, graças a competência da banda e o apoio do publico. Destaques para a excelente vocalista Daísa, que além de cantar como poucos também possui grande carisma, e para o virtuoso guitarrisa Rodolfo Pagotto. O único porém, foi a falta de presença de palco da banda, que foi a única a pecar um pouco nesse quesito dentro do festival. Porém foi a que mais esbanjou técnica.

 

Em fim, um grande trabalho da prefeitura municipal de Jaú que soube escolher  três bandas de alto nível e profissionalismo.



Escrito por Carlos Eduardo Garrido às 06h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Música - Shows: Julho Cultural – Dia do Rock (Jaú – Teatro Elza Munerato – 16/07/05) – Parte 3: Fotos - Vandroya



Escrito por Carlos Eduardo Garrido às 06h35
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




The Return of Warrior!

 

Depois de um hiato de um pouco mais de um mês, mas que tive a impressão de que foi muito mais tempo do que isso, eis que a lâmina afiada do FHTE volta a brilhar refletindo a luz do sol livrando-nos das trevas! E sendo assim, esse fucking blog vai voltar a ser atualizado com alguma freqüência!

 

Nesse tempo que estive afastado, tivemos uma matéria nossa publicada em dois sites de grande prestigio dentro da cena metal. Sendo eles, o Whiplash e também o site oficial da banda Eterna. Para ler a referida matéria clique em dos links abaixo:

 

Publicado aqui mesmo no FHTE

Publicado no Whiplash!

Publicado no site oficial do Eterna

 

Logo, será publicada reviews e matérias inéditos. Aguardem!

 



Escrito por Carlos Eduardo Garrido às 11h34
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, JAU, JARDIM CAROLINA, Homem, de 20 a 25 anos, Portuguese, English, Música, Livros, RPG, Futebol e Cinema
MSN - metalicos@hotmail.com
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  Delfos - Jornalismo Parcial
  Whiplash - Rock e Metal
  Adoro Cinema
  Vejaú
  Cena Rock - Independentes por Enquanto
Votação
  Dê uma nota para meu blog



O que é isto?